Pai rejeita levar noiva ao altar e chefe dela o substitui

HSBC Now / YouTube

Juntas por 11 anos, as taiwanesas Jennifer e Sam decidiram fazer uma cerimônia de casamento, mesmo não sendo reconhecidas por lei como esposas no país asiático. A família de Jennifer, porém, não reagiu bem ao fato da filha estar se casando com outra mulher. “Meus pais pararam de falar comigo e disseram que não viriam ao meu casamento”, contou a bancária em depoimento publicado no YouTube. Ela não contava, porém, com a oferta do próprio chefe em levá-la ao altar. “Ele me instruiu até mesmo a não ficar nervosa e andar devagar”, lembrou Jennifer.

As imagens do casamento foram registradas pela empresa de Jennifer e em pouco tempo viralizaram nas redes sociais, atingindo mais de 500 mil visualizações. “Nunca pensamos que chegaríamos tão longe. Esse casamento significa muito para a comunidade LGBT, esperamos poder criar coragem em outras pessoas e fazer com que todos nos respeitem”, afirmou Jennifer.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)