Homem mais velho do mundo comemora 146 anos

Prestasi Rekor/Instagram

O indonésio Mbah Gotho, conhecido como o homem mais velho do mundo, comemorou seu aniversário de 146 anos, em uma pequena vila na província de Java Central, na Indonésia. Segundo seus documentos oficiais, ele nasceu no dia 31 de dezembro de 1870. O recorde foi descoberto no final de agosto de 2016, mas oficialmente o título de pessoa mais velha ainda é reconhecido como da francesa Jeanne Calment, que morreu aos 122 anos.

Apesar de sua idade, o ancião ainda consegue caminhar e se mover de forma independente. Ele continua vivo, ao contrário de seus dez irmãos, suas quatro ex-esposas – das quais a última morreu em 1988 – e todos os seus filhos. Atualmente, sua família é composta por netos, bisnetos e trinetos. Ainda não se sabe, porém, se ele será oficialmente listado como o homem mais velho do mundo ou a pessoa mais velha a ter vivido: a veracidade de seus documentos foi comprovada por autoridades da Indonésia, mas ainda não foi verificada independentemente – necessário para a homologação do recorde.

Segundo Gotho, ele começou a se preparar para a morte em 1992, aos 122 anos, chegando ao ponto de encomendar sua própria lápide. “O que eu quero é morrer”, afirmou a um jornal local, Liputan 6, ainda na época em que ganhou notoridade na mídia por sua idade. Segundo o jornal britânico The Independent, ao ser questionado sobre o segredo da longevidade, respondeu: “A receita é somente paciência”.

Outros idosos também afirmam ter quebrado o recorde estabelecido por Jeanne Calment. O nigeriano James Olofintuyi alega ter 171 anos, enquanto o etíope Dhaqabo Ebba diz ter 163 – embora nenhum deles tenham documentos verificáveis. Um brasileiro, do Ceará, também disputa o título de homem mais velho do mundo, atualmente atribuído a um sobrevivente do holocausto:

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)