No dia da Bossa Nova, clássicos que marcaram seis décadas

Creative Commons

Em 25 de janeiro comemora-se o Dia Nacional da Bossa Nova. A lei 11.926 que institui o marco, foi sancionada em abril de 2009 e escolheu como data o dia do aniversario do maestro Tom Jobim. Ele, Vinícius de Moraes e João Gilberto foram as principais influencias desse movimento que, derivado do samba e com influencia do Jazz, surgiu na década de 50. Oito anos já se passaram, mas sempre será hora de relembrar os principais clássicos do movimento que nunca deixarão de embalar a vida boemia brasileira.

1- Garota de Ipanema – Tom Jobim (com Vinicius de Moraes)

2- Chega de Saudade – Tom Jobim

3- Eu sei que vou te amar – Toquinho e Orquestra Arte Viva

4- Só tinha de ser com você – Tom Jobim e Elis Regina

5- Pela Luz dos Olhos Teus – Tom Jobim e Miucha

6- Águas de Março – Tom Jobim e Elis Regina

7- Samba de Uma Nota Só – Tom Jobim

8- Desafinado – João Gilberto e Tom Jobim

9- Corcovado – Tom Jobim

10 – Wave – Tom Jobim

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)