Uber é processada após falha em iPhone revelar traição

optclean.com/Reprodução

Um adultério foi descoberto na França por meio de notificações do aplicativo de transporte Uber, recebidas pela esposa traída. O caso fez com que um empresário francês processasse a empresa em 45 milhões de euros (aproximadamente R$ 150 milhões). Segundo o jornal francês Le Figaro, o francês havia usado o celular de sua esposa para solicitar um carro uma única vez, mas ela continuou a receber notificações de suas viagens.

As rotas mostradas para a esposa culminaram no divórcio e no processo multimilionário, que terá sua primeira audiência em fevereiro de 2017. Ainda segundo o Le Figaro, a falha no aplicativo ocorre apenas com o sistema operacional iOS, encontrado em Iphones e Ipads. Ela começou a partir de uma atualização, realizada em dezembro de 2016, em que as notificações sobre as viagens de Uber continuam chegando em um celular que já foi desconectado da conta.

A empresa não quis comentar o caso.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)