A Terra entrou na “Era do Homem”, defendem cientistas

futureearth.org

O planeta Terra entrou em uma nova era, de acordo com cientistas. O novo momento é chamado de Antropoceno, por conta do extremo impacto causado pelo homem na Terra e foi anunciado no 35° Congresso Geológico Internacional, realizado na África do Sul, em concordância com a União Internacional de Ciências Geológicas. As informações são do The Independent.

A nova era foi escolhida por um grupo de pesquisa internacional, por 34 votos a zero. O aumento da temperatura, o aumento do nível do mar, o uso excessivo de combustíveis fósseis, o desperdício, a extinção de várias espécies de animais e as partículas radioativas deixadas no mundo pelo uso de armas nucleares, são alguns dos fatores apontados por cientistas para justificar o início da “nova era”.

Os cientistas ainda estão determinando a data que será escolhida como o marco divisório entre o Holoceno, nome dado aos últimos 11 mil anos – período após a última era glacial – e o Antropoceno. Ao que tudo indica, porém, a data escolhida deve estar em meados do século 20.

“O fenômeno está em escala suficiente para ser considerado parte de uma nova era geológica”, defendeu a Universidade de Leicester, em documento. A ideia de criação do Antropoceno foi sugerida em 2000 pelos cientistas Paul Crutzen e Eugene Stoermer. “O impacto humano deixou traços perceptíveis, atingindo recordes de milhares de anos. Muitas dessas mudanças são geologicamente irreversíveis”, defendiam na ocasião.

Apesar das mudanças geológicas, alguns cientistas são contra a mudança de era. Em artigo na revista Nature, o Professor Clive Hamilton, da Universidade Charles Sturt, na Austrália, questionou a mudança. “No começo pensei que eles (cientistas) estavam sendo irônicos, mas agora vi que não estão. E isso é assustador. A ideia do Antropoceno não é bem-vinda”.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)