Sentimentos dos donos influenciam comportamento dos cachorros, diz pesquisa

Creative Commons / Reprodução

Uma pesquisa feita com mais de 100 cachorros comprovou que os animais incorporam sentimentos como ansiedade e negatividade dos donos para as próprias vidas. A análise foi realizada por cientistas da Universidade de Vienna, na Áustria, e contou com um teste de personalidade para os donos e animais. Além disso, os cães tiveram análise de batimentos cardíacos, respostas a comandos e amostras de saliva retiradas para que o nível de cortisol, hormônio relacionado ao stress, fosse medido.

Os donos dos pets foram avaliados de acordo com cinco personalidades: neuróticos, extrovertidos, abertos às experiências, afáveis e conscientes. O mesmo foi feito com seus pets, a partir de questionários aplicados a seus donos. O resultado da correlação entre os comportamentos de animais e humanos foi publicado no jornal científico PLOS ONE.

“Nossos resultados comprovam uma suspeita: donos e cachorros formam duplas sociais e influenciam uns aos outros em sentimentos como o stress”, explicou em entrevista ao jornal britânico BBC uma das pesquisadoras responsáveis pelo estudo, Iris Schoberl. Apesar do animal também ser influenciador neste processo, o estudo comprovou que o humano representa maior influência.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)