Piloto confunde pista e quase causa um dos maiores desastres de aviões da história

Air Canada / Divulgação

Um avião da companhia aérea Air Canada quase causou o que provavelmente seria o maior acidente da história da aviação. O piloto da aeronave acabou confundindo as pistas de pouso e acabou fazendo a aterrissagem em uma pista que tinham outros quatro aviões estacionados em fila. As aeronaves, que estavam cheias de combustível e passageiros, não colidiram e todos saíram imunes da possível catástrofe. As informações são do The Guardian.

O fato ocorreu no Aeroporto de San Francisco, nos Estados Unidos. O Voo AC759 estava chegando de Toronto, no Canadá, e recebeu instruções de pousar na pista 28R, que estava livre. Repentinamente o piloto mudou a rota e pousou na pista de rodagem C, onde estavam os outros quatro aviões. Na gravação de áudio das conversas entre o controle de tráfego aéreo e a aeronave, o piloto da Air Canada reportou a central de controle que viu luzes na pista, antes de ser informado que não haviam aviões na 28R. Quando a torre de comando percebeu a mudança de rota do avião, já era tarde para trocar informações.

Com o susto, os pilotos das outras aeronaves reportaram o fato a torre de controle. “United One, Air Canada acabou de voar diretamente sobre nós”, disse o comandante de um dos aviões. Em nota oficial, a companhia aérea disse estar investigando o caso. “O voo AC759, de Toronto, preparava-se para pousar em San Francisco, quando teve de voar no entorno do aeroporto. A aeronave pousou sem incidentes. Estamos em investigação sobre as circunstâncias e ainda não há informações adicionais”.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)