Homem briga na Justiça por € 2 milhões em jardim de amigo

Imaginem o seguinte caso: você esconde um estoque de ouro e dinheiro no jardim de seu amigo, após um acordo com ele. Você acredita que tudo está sob-controle, mas fica sabendo que ele morreu. E agora?

Essa é a história de um alemão de 69 anos que enterrou cerca de 2 milhões de euros (aproximadamente R$ 8,5 milhões) no terreno de um amigo para esconder de um ex-sócio. Ao saber da morte, ele contratou uma escavadora para retirar o dinheiro do local, porém os parentes do falecido o processaram, alegando que não tinham conhecimento do caso.

A batalha judicial começou após um homem de 53 anos de idade, que morava em Bogen, Alemanha Oriental, sofrer um mal súbito e morrer no ano passado. Normalmente, o que é encontrado dentro da propriedade deve ser herdado pela família. Agora, o dinheiro só deve ser repassado para ele se houver provas. Caso não consiga provar, o montante será considerado da família.

O prefeito da cidade, Franz Schedlbauer, disse que o homem de 69 anos de idade afirmou ter a aprovação do proprietário da casa quando enterrou os bens. A escavadeira localizou diversas caixas de plástico, cheias de dinheiro – inicialmente de valor estimado em até 1,5 milhão de euros – e 200 mil euros em barras de ouro. Segundo o prefeito, o dinheiro está sendo mantido por uma empresa de segurança em Regensburg, 50 km a noroeste do local, e a casa está sob vigilância.

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)