Estudo usa vibradores para identificar sexo de tartarugas

Donald McKnight/Divulgação

Com mais da metade das espécies de tartarugas correndo risco de extinção, pesquisadores precisam de dados precisos do número de machos e fêmeas para conseguir preservá-las. Porém, a aparência dos dois sexos podem ser muito similares, então cientistas passaram a usar vibradores para estimular as genitais das tartarugas e, assim, descobrir o gênero dos animais. A maioria das espécies de tartarugas tem marcas distintas entre macho e fêmea, outras são muito difíceis de diferenciar e ainda há as que têm características de mais de um sexo. “Tentamos encontrar um meio fácil e menos invasivo de diferenciar os sexos, pois distinguir é muito importante na hora de entender os fatores que afetam as populações das espécies”, explicou Donald McKnight da Universidade James Cook, na Austrália, ao portal britânico Daily Mail.

Outras alternativas incluem fazer uma cirurgia no animal ou inserir uma pequena câmera na cloaca das tartarugas, onde o pênis ficaria escondido. Como esses métodos tomam tempo e não fazem bem aos animais, a equipe desenvolveu a técnica envolvendo brinquedos sexuais normalmente usados por humanos. Assim, ao estimular as tartarugas macho, elas liberariam o pênis da cloaca.

A equipe comprou o vibrador mais barato na internet e testou o objeto em quatro espécies diferentes, segurando os animais em um ângulo possível de enxergar a cloaca e estimulando a área para ver como a tartaruga responderia. O resultado variou entre as espécies, com algumas se sentindo desconfortáveis e retraindo o rabo. Mesmo sem sucesso completo da técnica, essa alternativa ajudará os cientistas a identificarem tartarugas que têm características parecidas entre os dois sexos.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)