Funcionário de zoo é morto por leão após esquecer jaula aberta

Nicolas Bravo Zoo / Divulgação

Um funcionário de um zoológico foi atacado por um leão após esquecer a jaula aberta por um descuido. Após não trancar devidamente o local de moradia do animal, o jovem de 28 anos foi atacado com uma mordida no pescoço e acabou não resistindo aos ferimentos. O fato aconteceu zoológico Nicolas Bravo, no município de Tulancingo, no México.

Gustavo Serrano Carabajal estava limpando o ambiente onde o leão vive quando, ao terminar o serviço, não trancou corretamente a jaula do animal. Kimba, como é conhecido o leão de espécie panthera leo, atacou o homem pelas costas. Antes mesmo das autoridades chegarem ao local, o homem não resistiu aos ferimentos e acabou falecendo.

De acordo com o jornal britânico Metro, 75% dos animais do zoológico, incluindo Kimba, estavam sendo abrigados lá em nome da Procuradoria Federal de Proteção Ambiental (PROFEPA). O conselheiro local de Tulancingo, Fernández Perez Romero, afirmou que o animal não será abatido mesmo com a morte do rapaz. As autoridades trabalharão para reforçar medidas de segurança ao trabalhar com animais em cativeiro.

 

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)