Esperando atendimento em hospital, mulher dá à luz e bebê cai no chão

Francisca da Silva / Divulgação

Uma recém-nascida caiu no chão após a mãe dar à luz em pé enquanto aguardava atendimento no Hospital Regional do Gama, no Distrito Federal. Francisca da Silva havia sido transferida de outra instituição e avisou aos recepcionistas que criança estava nascendo assim que chegou, mas foi orientada a esperar na área comum de atendimento mesmo assim. O pai da criança, Adão Francisco Pereira, afirmou que houve negligência por parte dos funcionários do local. Segundo ele, na hora em que o bebê nasceu, havia um enfermeiro ao lado da esposa, que se negou em ajudar. “Na ambulância, ele já tinha se recusado a acompanhar a minha esposa, preferiu ir na frente com o motorista. Se nascesse na ambulância, eu que teria que socorrer”, afirmou o pai em entrevista ao portal G1.

Relatos de quem aguardava no local confirmaram que o barulho da recém-nascida caindo no chão foi “assustador” e que todos correram para ajudar mulher no momento do incidente, inclusive, gestantes e pais que aguardavam pela hora do nascimento dos próprios filhos. Apesar do susto, o quadro clínico da criança foi considerado “bom” pelo hospital, que se manifestou por meio de nota e alegou que “a paciente chegou à unidade de saúde em trabalho de parto avançado. (…) Imediatamente a mãe e bebê foram acolhidos por profissionais e levados para atendimento no Centro Obstétrico”.

Esta não é a primeira vez que um acidente do tipo acontece mesmo hospital do Distrito Federal. Em maio de 2017, o Ministério Público denunciou enfermeiras do Gama pela queda de um bebê prematuro internado na UTI Neonatal, com apenas 11 dias de vida. Naquela ocasião, a criança sofreu uma lesão craniana ao despencar da incubadora. O processo, que envolvia nove mulheres, foi suspenso elas prestarem serviços comunitários.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)