Como cuidados simples podem reduzir danos do álcool (no corpo e na vida)

Hefeweizen / Creative Commons

O Brasil está acima da média mundial de consumo de álcool, apesar de não ser o país que mais bebe no planeta. Dados da Organização Mundial da Saúde mostram que enquanto cada brasileiro maior de idade toma 8,7 litros por ano, o consumo geral ao redor do globo é de 6,2. Para lembrar da importância de não exagerar com cerveja, cachaça ou qualquer outro drink, o país comemora o Dia Nacional do Consumo Consciente de Bebidas em 15 de setembro, com campanhas de conscientização por todo mapa.

Uma das iniciativas de consumo responsável veio do Grupo Petrópolis, que além de campanhas para mais de 26 mil funcionários em todo o país, fez ações de conscientização nas redes sociais de garotos propagandas das cervejas fabricadas por eles, principalmente quando o assunto é beber e dirigir, responsável pela morte de milhares de pessoas todos os anos. Em cidades como Belo Horizonte, o aplicativo 99Taxi ofereceu descontos em corridas com códigos promocionais.

Enquanto o álcool desenvolvido por cientistas para não causar ressaca não chega ao mercado, confira dicas para evitar a temida consequência da bebedeira, antes, durante ou depois de “tomar uma”. Lembre-se que para evitar ressaca, a moderação é sempre a melhor escolha.

1 – Comer antes de sair

Quanto mais cheio de carboidrato e gordura for o alimento, mais devagar a absorção de álcool no corpo.

2 – Tomar uma colher de azeite de oliva antes de beber

O azeite, assim como comidas oleoginosas, vai formar uma película de proteção nas paredes do estômago, retardando a absorção do álcool. Isso pode ser positivo, mas especialistas alertam que a “trapaça” pode ser arriscada: com a proteção, você pode passar da conta na hora da bebida sem perceber.

3 – Tomar bastante água enquanto bebe

Como o álcool é diurético, tomar água enquanto bebe é importante para não perder muito líquido. Um copo d’água para cada copo de bebida pode diminuir um dos piores sintomas da ressaca: a desitratação.

4 – Não misturar os drinks

Como cada bebida tem um composto etílico diferente, misturá-los pode prejudicar o processamento do álcool no corpo, logo, o ideal é se manter a um tipo de bebida (se possível da mesma marca), durante a noite toda.

5 – Se hidratar após uma noitada

Com ressaca ou não depois de beber, se reidratar é importante. Além de água, suco de laranja e água de coco também são boas opções.

6 – Descansar

Como a qualidade do sono não vai ser boa depois de uma noitada de bebida, descansar é uma das melhores opções a seguir quando estiver de ressaca. É importante, porém, não deixar de beber água para ficar dormindo.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)