Uma caverna na Eslovênia pode estar abrigando ovos de “dragões”

Foto: PostojnaCave/timeline

Uma caverna na Eslovênia, famosa por ser ponto turístico no país, está abrigando ovos de um anfíbio raro da espécie Proteus Anguinus, uma salamandra cega. Os ovos, descobertos no dia 30 de Janeiro de 2016, são desse anfíbio, pouco estudado, encontrado em rios de caverna dos Balcãs. Ele vive por mais de 100 anos, mas só se reproduz uma ou duas vezes a cada década.

Desde que foi descoberto, no Postojnska jama Cave-Grotte-Höhle, os cientistas e biólogos estão acompanhando o desenvolvimento e o surgimento de novos ovos – e o número cresce a cada dia. Atualmente, três ovos estão em crescimento, entre os 55 monitorados.

Foto: PostojnaCave/timeline

Segundo a BBC, a espécie é um ícone no país e estampava a moeda local antes da chegada do euro. Na história da Eslovênia, eram reconhecidas quando enchentes atingiam cavernas e as expulsavam de seus esconderijos. A população, então, desconfiavam que tratavam-se de dragões bebês.

No site e na Fanpage do ponto turístico, eles divulgaram imagens para mostrar o desenvolvimento dos ovos. A fêmea grávida precisou ser isolada dos outros animais de sua espécie porque os biólogos do local notaram comportamento violento entre os anfíbios. Os ovos estão sendo chocados e ainda não existe previsão para quanto tempo vai demorar e quantos filhotes sairão de cada um.

Em 2013, outro proteus colocou ovos, mas nenhum deles resistiu e acabaram sendo comidos por outros anfíbios da mesma espécie. Por isso, dessa vez os biólogos tomaram a decisão de isolar a fêmea.

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)