Quarenta filhotes de tigre achados congelados em Templo

dariopignatelli/Twitter

Quarenta filhotes de tigre foram encontrados em um freezer do Templo do Tigre, na Tailândia, local previamente acusado de tráfico de animais selvagens. A descoberta ocorreu após policiais e oficiais da vida selvagem começarem uma operação para remover todos os tigres que habitavam o templo budista.

Imagens do momento postadas por jornalistas em suas redes sociais mostram 40 corpos de filhotes deitados no chão. Partes de corpos de outros animais também foram encontrados congelados em freezer, informou o integrante da Wildlife Friends Foundation, Tom Taylor, à rede britânica BBC.

 

Em uma publicação na página do templo no Facebook, a organização se posicionou afirmando que a mortalidade de filhotes no local é “relativamente baixa” e que costumavam cremar os corpos de filhotes que morriam, mas um veterinário mudou a política da prática em 2010, “provavelmente para manter provas contra as acusações de venda de filhotes”.

Pessoas que trabalhavam voluntariamente com os tigres, como o inglês Chris Coots, confirmaram à BBC que os restos eram congelados como prova de que os filhotes que morreram de causas naturais não eram vendidos no mercado ilegal de animais selvagens. O templo, que é um popular ponto turístico do país, foi fechado ao público desde que a operação foi iniciada.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)