População registra chuva de granizo em Flores, no sertão de Pernambuco

Reprodução/WhatsApp/Jornal Âncora do Sertão

A cidade de Flores, no Sertão pernambucano, registrou chuva de granizo na noite da última terça-feira, 22 de dezembro de 2015. Pelas redes sociais, moradores compartilharam imagens e vídeos do momento em que as pedras de gelo atingiam o chão. O município, localizado a quase 400km do Recife, fica a uma altitude de 486 metros e está no eixo que sofre com faltas de chuvas há vários meses.

 

De acordo com o meteorologista da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), Roni Guedes, os instrumentos de medição não foram capazes de prever ou mesmo confirmar o fenômeno, mas diz que houve registro de precipitações entre o Agreste do Moxotó e o Sertão do Pajeú, a partir das 16h, o que pode ter oferecido condições especiais suficientes para que o granizo se formasse. “Ele ocorre quando a nuvem se desenvolve em formato vertical, por conta da umidade, e sobe a uma altitute muito elevada na atmosfera. Como a temperatura cai bastante quanto mais alto for, o vapor de água que sobre da superfície acaba condensando, fica pesada e cai, perdendo tamanho na queda por conta do derretimento contínuo”, explica.

O meteorologista informa ainda que, apesar de incomum, o fenômeno já foi registrado no estado pelo menos outras quatro vezes desde a criação da Apac, em 2011: Em Chã Grande, Riacho das Almas, Bezerros e Ouricuri.

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)