Pesquisadores encontram molécula que elimina resistência de bactérias

Pixabay/Reprodução

Cientistas da Oregon State University, dos Estados Unidos, encontraram uma molécula capaz de combater a resistência de várias bactérias contra antibióticos. Essa descoberta poderá se transformar em uma arma contra superbactérias que vêm surgindo e se espalhando recentemente. A evolução desses organismos, como as causadoras de pneumonia e gonorréia, estão deixando alguns medicamentos tradicionais obsoletos. “Nós perdemos a habilidade de usar nossos antibióticos populares, tudo é resistente agora”, afirmou Bruce Geller, líder da equipe de cientistas para o Science Alert.

A molécula ataca uma enzima chamada NDM-1, maior responsável pela resistência bacteriana. Essa estrutura é que faz as bactérias vencerem a guerra contra antibióticos, principalmente os mais fortes, que eram os últimos a demonstrar eficácia contra superbactérias. Em setembro de 2016, uma mulher faleceu por causa de uma infecção resistente a qualquer tipo de antibiótico nos Estados Unidos. Com a descoberta da molécula, medicamentos não mais utilizados podem voltar a serem eficientes. Os principais desses medicamentos inutilizados são os carbapenêmicos, nosso último recurso contra bactérias.

A molécula é de um tipo chamado PPMO e desativa a NDM-1. Os pesquisadores já haviam utilizado moléculas naturais desse mesmo tipo, mas só se mostraram eficiente contra uma bactéria específica. A nova molécula encontra um gene que existe em vários tipos de bactérias, combatendo todas essas. Foram realizados testes com ratos, com sucesso nos resultados. A Organização das Nações Unidas (ONU) considera as bactérias como a maior ameaça da saúde global.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)