Nascida com menos de 1kg, mulher decide se tornar enfermeira neonatal

Sophie Proud/Facebook

Uma jovem de 21 anos está usando sua bela história de superação para cuidar de pessoas que enfrentam os mesmos desafios que ela enfrentou. Sophie Proud nasceu prematura, com 24 semanas, pesando aproximadamente 700 gramas. O seu caso ficou conhecido na Grã Bretenha como o da primeira bebê a sobreviver a um nascimento tão precoce.. Recém nascida, teve que experimentar uma cirurgia no coração, uma operação nos olhos, além da 10 episódios de pneumonia e envenenamento sanguíneo que quase gerou um colapso nos seus pulmões.

Sophie Proud/Arquivo Pessoal

Vinte anos depois, inspirada no “milagre” de sua vida, Sophie decidiu ser enfermeira e trabalhar na mesma unidade neonatal onde veio ao mundo para ajudar a salvar crianças com complicações no nascimento a se manterem vivas. “Quando cresci, eu quis retribuir o que fizeram por mim e decidi que queria ser enfermeira neonatal”, contou a jovem ao jornal britânico The Mirror. Sophie estuda enfermagem pediátrica na Universidade Teesside e desde os 6 anos de idade, ela tem sido embaixadora da Tiny Lives, uma instituição de caridade que presta cuidados especiais a bebês prematuros, envolvendo financiamentos de equipamentos vitais e treinamento especializado para unidades neonatais.

Feliz com o trabalho que está fazendo, Sophie se mostra muito sensível e disposta a não apenas cuidar dos bebês, mas também dos parentes que ficam apreensivos. “Eu falo com os pais na ala para apoiá-los. Muitos dizem que saber da minha história lhes dá esperança, pois sabem que o resultado pode ser bom”, concluiu.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)