Mark Zuckerberg acredita que o futuro da tecnologia é a telepatia

Flickr/Reprodução

Mark Zuckerberg, criador do Facebook, disse estar investindo em mais pesquisas sobre inteligência artificial por acreditar que o futuro da tecnologia está na habilidade de ler mentes. Ele explicou que atualmente, o uso desse tipo de inteligência feito pelo Facebook pode ser encontrado na ferramenta de identificação de rostos em fotos, além do algoritmo que conecta as pessoas de acordo com a semelhança dos posts e fotos publicadas em seus próprios perfis. Sobre a possibilidade de telepatia, Zuckerberg acredita que no futuro, as pessoas poderão mandar memórias completas uma para a outra. “Você será capaz de pensar em algo e seus amigos vão imediatamente poder viver a experiência com você”, explicou em uma postagem recente em seu perfil do Facebook, onde respondeu perguntas de vários usuários da rede.

Além disso, ele também disse pretender construir sistemas melhores do que os cinco sentidos dos próprios humanos. “Para visão, estamos criando um sistema capaz de reconhecer tudo que há em uma imagem ou vídeo. Isso inclui pessoas, objetos, cenas, etc. Esses sistemas precisam entender o contexto do que está nas imagens e vídeos e o que está neles”, explicou. “Para audição e linguagem, estamos focando em transformar fala em texto, traduzir textos entre línguas e também possibilitar a resposta de perguntas em qualquer língua usada.”

Zuckerberg também falou sobre a necessidade de investir em inteligência artificial. A ideia é construir um espaço onde haja uma ferramenta capaz de dizer a uma pessoa cega o que está em qualquer imagem publicada na rede social. Além disso, ele espera que computadores possam entender o significado do por trás de um texto e então mostrar mais coisas relacionadas àquele conteúdo. “Tudo está ao nosso alcance e espero poder entregar isso nos próximos 10 anos”, disse.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)