Mãe notifica escola explicando porque a filha não fará tarefa de casa

Bunmi Laditan / Facebook

A note-americana Bunmi Laditan é escritora e tem uma filha de apenas dez anos, que por conta da profissão da mãe, sempre foi incentivada a praticar o hábito da leitura. Porém, Maya Laditan começou a desenvolver ataques de ansiedade devido a grande cobrança na tarefa de casa, enviada pela escola. Preocupada, Bunmi decidiu tomar uma providência: enviou um e-mail para a escola explicando que a filha não faria mais as lições.

A mãe conta que já vinha notando que a filha estava sobrecarregada, e não poderia mais esperar para notificar a escola. “Minha filha adora aprender. Ela lê independentemente entre 10 e 12 livros por ano e regularmente pesquisa tópicos que lhe interessam. Ela tem aulas particulares e adora pintar. Mas nos últimos quatro anos eu tenho notado que ela ficar cada vez mais estressada quando se trata de escola. E por estressada eu quero dizer dor no peito, acordar cedo, e temendo escola em geral”, escreveu a mãe em sua página do Facebook. A postagem já ultrapassou mais de 55 mil curtidas e 13 mil compartilhamentos e tem recebido comentários de mães do mundo inteiro. A maioria das mulheres concordam com Bunmi e diz que as escolas estão rígidas demais com crianças tão pequenas.

Confira o e-mail:

Olá professores da Maya,

Maya vai reduzir drasticamente a quantidade de tarefa de casa durante o ano. Ela anda bastante estressada e está começando a ter sintomas físicos como dores no peito e acordar as 4 horas da manhã preocupada com sua lição. 

Ela não está atrasada no conteúdo e nem está muito empolgada com a escola. Temos consultado com um terapeuta, que recomendou diminuir a quantidade de tarefas que ela faz. Levando de 2 a 3 horas para fazer a tarefa de casa, após passar o dia na escola não está deixando tempo para ela aproveitar o tempo com a família e gostaríamos de evitar que essa situação acabe em depressão. 

Obrigada pela compreensão.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)