Jornalista egípcia sugere que Estado Islâmico é invenção ocidental

Kelvin Albania/Creative Commons

A colunista de um jornal estatal egípcio afirmou, em uma publicação, que os Estados Unidos teriam inventado o Estado Islâmico como forma de justificar a guerra ao terrorismo propagada pelo Ocidente. A jornalista Noha Al-Sharnoubi questionou também a versão dada pelos EUA em relação ao 11 de setembro no Al-Ahram – jornal de grande repercussão no país e de propriedade do governo.

Al-Sharnoubi afirmou ainda ter dúvidas da veracidade das ações do “tão chamado” Estado Islâmico. “Faz algum sentido que a maioria dos membros são forasteiros, a não ser que isso seja alguma história antecipadamente preparada para justificar a devastação, o partilhamento e a ocupação que estão acontecendo e continuarão a acontecer nos países do Oriente Médio?”, questionou. A publicação foi traduzida pelo Middle East Media Research Institute (Instituto de Pesquisas de Mídia do Oriente Médio) – um órgão de análise e acompanhamento de imprensa – e noticiada no jornal britânico The Independent.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)