DJ passa por reabilitação após retirar 40% do corpo

TV Folha/YouTube

A história do DJ Renildo Silva Santos é marcada pela superação. Ele se submeteu a uma severa operação para salvar sua vida: a hemicorporectomia retirou 40% do corpo do rapaz, que hoje tem 35 anos, como única alternativa para salvá-lo do câncer que sofria há 5 anos. As informações são da Folha de S. Paulo.

Renildo, que mora no Capão Redondo (zona sul de SP), ficou paraplégico aos 12 anos, quando subiu no telhado de um vizinho com um amigo para pegar uma pipa e foi recebido a tiros. Ao longo do tempo, ele passou a sofrer de úlceras de pressão (bastante comuns em pessoas com mobilidade reduzida), em que o contato intensivo com superfícies como camas e cadeiras acaba formando feridas. As de Renildo levaram à formação de um câncer, e elas já não cicatrizavam mais. Caso a doença avançasse para os órgãos vitais, o DJ correria um risco de morte de 85%. Então, há cerca de um ano, a equipe de médicos do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp) apresentou a drástica proposta a Renildo. E ele disse sim. Em vídeo publicado pela TV Folha, Renildo afirma que “nada do que tiraram me faz falta; se alguém disser que faz, pode ir buscar lá no Hospital do Câncer”, conclui, bem humorado.

A cirurgia, que durou 15 horas, com várias equipes médicas em revezamento, retirou as pernas e a bacia de Renildo – mas os músculos foram recolocados, de modo a criar tanto um suporte para os órgãos quanto para suportar a pressão que seria exercida durante o uso da prótese. Além disso, sua aorta foi reduzida para se adaptar à diferença no fluxo sanguíneo. Hoje, Renildo utiliza uma prótese especial para sua reabilitação – e é a primeira pessoa no Brasil a se utilizar de um desses modelos. Ela consiste em uma espécie de vestimenta, de material semirrígido, apoiada sobre hastes de metal chamada stubbies, que simulam pernas. Nesse período de adaptação, no qual Renildo já consegue se deslocar sem apoios, ele mede 1,14m sobre a prótese. O objetivo é que, ao longo do tempo, os stubbies sejam alongados e ele venha a medir 1,60m, tornando seu deslocamento ainda melhor. E que com isso, Renildo possa continuar a fazer o que mais gosta: comandar suas pick-ups.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)