Garoto tem 50% do crânio reconstruído por impressora 3D

Youtube/Inside Edition

Um garoto de sete anos, que havia perdido metade do crânio em uma queda teve a vida salva graças a uma prótese construída em uma impressora 3D. O norte-americano Teddy Ward tinha cinco anos quando caiu de uma ribanceira em Los Angeles. O impacto causado fraturou seu crânio, esfacelando todo o lado esquerdo do osso.

Uma primeira cirurgia para correção craniana não deu certo e ele passou a usar um capacete 24 horas por dia. O garoto só passou a ter uma vida normal após um novo procedimento que colocou uma prótese feita em impressora 3D, que imita quase perfeitamente os ossos que ali existiam.

Youtube/Inside Edition
Youtube/Inside Edition

A prótese foi criada por médicos do Hospital de Crianças de Los Angeles, após dois anos de pesquisas para saber o melhor procedimento a ser feito com Teddy. Os médicos, enfim, encontraram um material chamado em inglês de PolyEtherEtherKetone (identificado por meio da sigla PEEK).

“Era um defeito muito complexo. Quase 50 por cento do seu crânio já não existia”, contou o médico Mark Urata, de acordo com o jornal Daily Mail, do Reino Unido. Agora, já com a prótese, o garoto pode fazer coisas simples, antes inviáveis, como ir às festas de aniversário dos amigos e dormir fora de casa. “Nenhuma mãe quer a responsabilidade de ter um filho sem crânio. Nós somos muito sortudos e sabemos disso. Somos muito gratos”, afirmou Lisa Ward, mãe do garoto.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)