Garota achada na floresta é deficiente e pode ter sido abandonada pela família

Times of India/Reprodução

Na primeira semana de abril, o Curiosamente mostrou o caso de uma menina encontrada numa reserva florestal na Índia – rapidamente apelidada na internet de Menina-Mogli, por não conseguir se comunicar verbalmente, andar apenas de quatro e estar acompanhada de macacos quando foi encontrada pela polícia local. Mas a história da menina pode ser ainda mais triste: médicos afirmaram que ela é portadora de deficiências, tanto físicas quanto mentais; e acreditam que, por causa disso, ela foi abandonada pela própria família.

O jornal Metro divulgou mais detalhes sobre o momento em que a menina foi encontrada, no Santuário Katarniaghat da Vida Selvagem, na cidade de Bahraich, norte da Índia, em janeiro passado. Na verdade, ela não estaria embrenhada na floresta, e sim em uma estrada próxima a ela. O fato sugere que, caso a garota tenha mesmo convivido com os macacos, teria sido por poucos dias, e não desde bebê. Apesar de não haver nenhum indício de por quanto tempo ela esteve na floresta, o fato de que ela já caminha normalmente reforça a teoria de que seu contato com os animais tenha sido breve.

As autoridades e os médicos que trataram da menina desde que ela foi resgatada tem como praticamente certo que suas deficiências e o costume indiano da preferências por filhos homens em vez de mulheres pode ter levado a família a abandoná-la na floresta. Além disso, a ativista dos direitos da mulheres, Dra. Ranjana Kumari afirma que o Estado oferece pouquíssima ajuda às famílias pobres com filhos portadores de deficiências. “Preferiram se livrar da menina do que gastar dinheiro com ela”, concluiu.

A menina agora se encontra em um abrigo para crianças na cidade de Lunknow, onde continua seu processo de recuperação.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)