Fóssil de espécie desconhecida é encontrado na Argentina

Dmitry Bogdanov/Creative Commons

O crânio de uma espécie previamente desconhecida de pterossauro foi encontrada na província de Chubtub, na Patagônia, sul da Argentina. A espécie foi nomeada de Allkaruen koi, que significa cérebro antigo no idioma nativo da região, e viveu no início do período Jurássico, e acredita-se ter sido o primeiro tipo de animal vertebrado capaz de voar. A descoberta foi anunciada no dia 30 de agosto de 2016, no periódico científico PeerJ, e acredita-se que possa ajudar cientistas a entender melhor a evolução dos primeiros animais alados.

O fóssil foi achado em bom estado de preservação e sem distorções. Esta espécie tinha uma estrutura que os ajudava a permanecer no ar, como ossos ocos e pneumáticos, que reduziam seu peso, e “dedos” alongados que suportavam a membrana das suas asas.

Anteriormente, os paleontólogos tinham conhecimento de dois tipos de pterossauros: uma versão primitiva de cauda longa e um mais conhecido, derivado do pterodáctilo, de cauda curta. “Esses grupos diferem-se consideravelmente em sua anatomia geral e também exibem uma notável diferença na anatomia cerebral, com uma postura inferida da cabeça, a qual está ligada aos diferentes comportamentos e estilos de vida, que implementaram a capacidade de voo desses répteis”, diz o artigo.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)