Elefante selvagem mata turista em safári no Nepal

Pixabay/Reprodução

Um elefante selvagem matou uma turista indiana, de 22 anos, na manhã do dia 10 de janeiro de 2017. O caso aconteceu no maior parque nacional do Nepal, o Chitwan, e é o segundo ataque mortal destes animais nos últimos meses. A mulher voltava a pé de um safári na companhia de um grupo que incluía os seus pais, mas foi a única atingida.

Segundo o chefe de polícia de Chitwan, Deepak Thapa, a mulher foi levada imediatamente para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no atendimento. As informações são do jornal The Himalayan. No Nepal existem cerca de 300 elefantes, sendo a maioria domesticada. Eles são usados para transportar turistas durante passeios na selva e em patrulhas contra o tráfico de animais.

Tragédias envolvendo animas selvagens não têm sido incomuns. No leste da índia, após ter saído da floresta de Baikunthapur, um outro elefante selvagem circulou pelas ruas da cidade de Siliguri e esmagou aproximadamente 40 casas e estabelecimentos comerciais, além de cerca de 20 carros. Em pânico, a população tentou expulsá-lo com fogos de artifício e água quente, sem sucesso. O “passeio” durou cerca de sete horas. Em outro safári, desta vez na China, uma mulher foi arrastada e morta por um tigre depois de ter saído do carro após uma discussão com o motorista.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)