Descoberto horas antes, asteroide passará rente à Terra

Creative Commons

Com poucas horas de antecedência, um asteroide de 40 metros, que passará a menos de um quarto da distância da Terra à Lua, foi descoberto por astrônomos brasileiros. Ele passará a 86 mil km da superfície terrestre às 22h25 do sábado, 27 de agosto de 2016. O registro foi realizado apenas 19 horas antes da passagem do corpo celeste, às 3h20.

O asteroide, segundo os especialistas, não apresenta risco de impacto com a Terra. Mesmo que estivesse, para efeito de informação, não seria uma ameaça à humanidade – ainda que causasse bastante estrago. Como comparação, a extinção dos dinossauros teria sido provocada por uma rocha de pelo menos 10km de diâmetro. No entanto, o meteoro que entrou na atmosfera e passou sobre a Rússia em 2012 tinha apenas 20 metros e feriu mais de mil pessoas, além de danificar cerca de 7 mil prédios.

A descoberta foi realizada pelo Observatório Sonear, localizado em Oliveira (MG), responsável por monitorar objetos que possam ameaçar a Terra no hemisfério sul – a iniciativa é mantida por recursos privados. O asteroide não poderá ser observado do Brasil, tendo melhor visibilidade na Europa.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)