Animais são abandonados em zoo da Venezuela e 50 morrem de fome

Sosvox.org/Reprodução

Zoológicos da Venezuela tornaram-se cenários da morte de dezenas de animais por conta da falta de dinheiro, diante da crise econômica, o que levou ao desabastecimento de alimentos. No Zoológico de Caricuao, em Caracas, vários animais foram deixados sem comida por duas semanas e não resistiram. Mamíferos e pássaros foram afetados. Na soma de ocorrências de todos os zoos, o total de mortes chega a 50, de acordo com o Sindicato do Instituto Nacional de Parques.

Francisco Urreiztieta/Twitter

Equipes dos zoológicos pedem doações de frutas, vegetais e carne aos comerciantes para que mais animais não morram de fome. Algo que não tem acontecido com a frequência necessária, já que o país atravessa uma severa crise econômica que tem afetado de forma contundente o fornecimento de diversos alimentos e produtos em várias regiões do país. “A situação dos animais é uma metáfora da situação da população venezuelana”, disse Marlene Sifontes, líder do sindicato dos trabalhadores de parques do país ao jornal britânico Daily Mail.

Francisco Urreiztieta/Twitter

A situação está grave ao ponto de leões e tigres estarem sendo alimentados com mangas e jerimuns. Outras espécies enfrentam racionamento de comida, alimentando-se de metade do que precisam por dia. Em zoológicos como o de La Laguna e Paraguaná, quase todos os animais encontram-se em estado de inanição e desidratação, destaca o ABC Color.

Oficiais do governo negaram as mortes causadas pela falta de comida, porém, procuradores abriram uma investigação para apurar o ocorrido. O país tem a economia fortemente baseada na venda de petróleo, que tem registrado queda considerável no preço, enfraquecendo de forma significativa o país. Na Venezuela, a maioria dos parques é gerida pelo poder público e não cobra ingresso. O dinheiro para manutenção é provido totalmente pelo governo.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)