Por reflexo da janela, homem é flagrado filmando mulher em metrô

Uma Mageswari / Facebook

Durante uma viagem em um vagão do metrô, uma mulher se sentiu acuada por um homem que estava sentado na sua frente. Fingindo estar mexendo normalmente em seu celular, o homem nem desconfiava que foi flagrado através do reflexo no vidro logo atrás dele, mostrando que ele estava filmando Uma Mageswari. As informações são do jornal Indian Express.

Mageswari, que mora em Cingapura, na Ásia, resolver filmar o homem que estava lhe importunando. Mais tarde fez um post em seu Facebook para expor o fato e o assediador que foi flagrado. “Estou destacando este episódio para o público em geral para servir como um impedimento para outros assediadores.

Por favor, sempre fique atento ao seu entorno e nunca tenha medo de falar contra esses atos que podem ser cometidos contra você ou outras pessoas ao seu redor”, apelou a mulher em sua postagem. Em seu post, ela relata que após perceber que o homem não iria para de filmá-la, ela se dirigiu até uma equipe de segurança local do metro, e logo em seguida a Força Policial de Cingapura adentrou o vagão. Ele foi encontrado em posse de vídeos da vítima. Ao ser flagrado, o homem alegou que Mageswari parecia muito com sua irmã, e apenas por esse motivo estava filmando-a, fato logo desmentido pelos seguranças.

Veja a postagem de Uma em seu Facebook:

“Este é um vídeo que eu tinha gravado em 13 de maio de 2017 sábado às 19h40, pouco mais de um minuto depois que eu tinha embarcado no trem em Outram. Eu estava indo em direção a Harbourfront para encontrar um amigo. Este cara rapidamente sentou-se no banco em frente a mim mesmo com o trem vazio. Ele então pegou um lenço e começou a limpar seu telefone, o restante fala por si, assim que você ver o vídeo. O idiota não percebeu sua tolice obviamente. Eu fiz a minha própria gravação dele, mas, compreensivelmente, perdi a paciência depois de confrontá-lo sobre suas ações. Os seguranças do metrô chegaram na cena em minutos. Após uma investigação mais aprofundada, este sujeito foi encontrado em posse de vídeos semelhantes, obscenos, de vítimas inocentes. O nome deste homem é Suraj. Ele tinha uma série de desculpas para suas ações deploráveis. Sua última tentativa fraca de uma desculpa foi que ‘eu era como sua irmã’. Estou destacando este episódio para o público em geral para servir como um impedimento para outros idiotas. Por favor, sempre fique atento ao seu entorno e nunca tenha medo de falar contra tais atos que podem ser cometidos contra você ou outras pessoas ao seu redor. Você não tem que ser uma vítima de suas circunstâncias. Sempre.”

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)