Pessoa mais velha do mundo com Síndrome de Down completa 77 anos

News Minute Ago/Youtube/Reprodução

Foi em uma casa de repouso para idosos que Kenny Cridge completou 77 anos. Desde 2008, ele é a pessoa mais velha do mundo com Síndrome de Down. Ao nascer, os médicos pensaram que estava morto após parto junto à irmã gêmea. Na infância, recebeu a previsão de que viveria apenas até os 12 anos de idade. Já se passaram 65 anos além da previsão médica.

Ele segue em boa saúde, tendo todos os cuidados em uma casa de repouso na Inglaterra. “Desde seu aniversário no ano passado, ele manteve uma saúde boa”, contou a gerente da casa, Ann Nicholson, de acordo com o jornal do Reino Unido Metro. Kenny viveu com sua mãe até ela morrer aos 90 anos. Depois disso, passou a viver com um sobrinho, até ser levado à casa de repouso, onde adora comer doces e contar piadas aos amigos.

De acordo com a sua sobrinha, Marie Shotton, antigamente, seu tio enfrentou muito mais preconceito do que é encontrado atualmente. “Hoje em dia as pessoas com Down são tratadas de forma igual e são respeitadas, mas minha avó me contava que antigamente não era assim. Ela lutou muitas batalhas por ele e se entregou para que ele tivesse uma vida boa. Ele é maravilhoso e as pessoas do vilarejo onde ele cresceu ainda perguntam por ele”, relatou.

A mulher mais velha do mundo com Síndrome de Down vive nos Estados Unidos, no estado de Oklahoma, tem 74 anos e se chama Dollie Grissom.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)