Pesquisadores produzem drone controlado por pensamento

Universidade do Arizona / Vimeo

Uma pesquisa da Universidade do Arizona, nos Estados Unidos, descobriu uma forma de controlar drones utilizando ondas cerebrais. Um tipo de capacete, feito para captar os mais sutis sinais do cérebro e enviá-los ao drone através de Bluetooth, é o responsável pelo controle. Agora, os pesquisadores devem aprimorar os artefatos com um financiamento de US$ 860 mil (cerca de R$ 2,8 milhões) do Departamento de Defesa do país para fornecê-los ao exército norte-americano dentro de cinco a dez anos.

Universidade do Arizona / Vimeo

Os pesquisadores prometem que a operação do drone é simples: basta estar concentrado e imaginar os movimentos do material na cabeça, controlando-o por pensamento, podendo, inclusive, operar mais de um ao mesmo tempo. “Essa pesquisa pode ter uma série de funções, como enviar ajuda médica a áreas remotas, procurar e investigar locais inacessíveis e áreas de desastre ou explorar o desconhecido em ambientes hostis e remotos, desde o fundo do mar até o espaço”, explicou o professor responsável pela pesquisa, Panagiati Artemiadis, em entrevista veiculada no jornal DailyMail.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)