Pais estão passando mais tempo com seus filhos do que há 50 anos

Na maioria dos países ocidentais, mães e pais estão passando mais tempo com seus filhos do que pais na década de 1960, segundo um estudo realizado pela Universidade da Califórnia e publicado na revista Marriage and Family. A coautora da pesquisa é Judith Treas, professora de sociologia da instituição de ensino. Os resultados sugerem ainda que pais mais instruídos tendem a passar mais tempo com suas crianças.

Em 1965, as mães passavam uma média diária de 54 minutos com as atividades relacionadas a cuidados infantis, enquanto em 2012 a média era quase o dobro: 104 minutos por dia. O tempo dos pais com as crianças quase quadruplicou. Em 1965, pais passavam uma média diária de apenas 16 minutos com seus filhos, enquanto os pais de hoje ficam cerca de 59 minutos diários cuidando deles.

“O tempo gasto com as crianças envolve tudo, desde a alimentação, banhá-los, trocar fraldas e roupas, colocá-los na cama, levantar no meio da noite, contratar babás, prestar cuidados médicos, ler e brincar com eles, bem como supervisionar e ajudar com a lição de casa”, disse Judith Treas.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)