Olho de peixe pode ser chave para cura da cegueira

Wikipedia / Reprodução

Após estudo em peixe-zebra, cientistas identificaram que é possível reverter a degeneração macular. Essa condição, que lidera a causa de perda de visão ao redor do mundo, ocorre quando a retina é danificada. Reduzir os níveis de um produto químico do cérebro ajuda a regenerar a área afetada do olho, mostra esta nova pesquisa. Esse processo pode ocorrer antes mesmo do dano, prevenindo as pessoas de precisarem usar óculos.

Pesquisadores da Universidade de Vanderbilt, no Tennessee, encontraram sinal que aciona o reparo no peixe-zebra. As retinas do peixe são consideradas semelhantes às dos humanos, com seu crescimento acionado pela redução de um neurotransmissor. Estudiosos descobriram uma queda no GABA, que é o “gatilho para a regeneração”, sugerindo que o mesmo método poderia funcionar em seres humanos.

“Todos os modelos de regeneração assumem que uma retina deve ser seriamente danificada antes que a regeneração ocorra, mas nossos estudos indicam que o GABA pode induzir esse processo mesmo em retinas intactas”, explicou o autor do estudo, Professor James Patton, para o jornal britânico Daily Mail.

Injetar o peixe com drogas que mantinham altos níveis de substâncias químicas no cérebro suprimiu o processo de regeneração. Peixes-zebra ficam geralmente cegos, mas devido à sua robusta capacidade regenerativa seus olhos se recuperaram em apenas 28 dias.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)