Nos homens, alto consumo de refrigerantes pode causar infertilidade

Tina Franklin / Flickr

Um estudo revela que ingerir muito refrigerante pode, além de causar outros problemas de saúde, prejudicar a saúdee do pênis. Cientistas do Hospital Universitário de Copenhague concluíram que homens com alta ingestão da bebida açucarada podem ter redução na quantidade de esperma, ter disfunção erétil e até infertilidade.

A pesquisa foi realizada com 2.254 homens e comprovou que os viciados em refrigerantes – que consumem, aproximadamente, um litro por dia – possuíam uma quantidade menor de espermatozoides (35 milhões por mililitro), se comparado a homens com consumo moderado (56 milhões por mililitro) – uma diferença de 30%. No caso dos “viciados”, a contagem média ainda está dentro do intervalo considerado normal, mas coloca esses homens em um maior risco de tornar-se infértil. Segundo o jornal britânico The Mirror, os cientistas também descobriram que os efeitos não tinham ligação entre os níveis de cafeína nos refrigerantes, portanto, o problema deve ser causado por outro ingrediente.

Um outro estudo, realizado na Polônia por cientistas da Universidade Copernicus Nicolaus e pelo professor Franciszek Lukaszczyk do Hospital Memorial, em Bydgoszcz, informou que consumir muito refrigerante e bebidas gaseificadas também pode ter ligação com os homens que sofrem de disfunção erétil. A equipe apontou que adoçantes presentes nas bebidas gaseificadas podem danificar as artérias do pênis, impedindo a passagem do sangue. Contudo, os pesquisadores afirmaram que consumir essas bebidas esporadicamente não traria graves consequências.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)