No mapa da beleza pernambucana, Serra Talhada é capital

Joao Alberto/DP

Todos os anos, uma mulher é eleita como “a mais bela” de cada estado da federação. O resultado pode até não compreender os gostos pessoais de cada um, mas revela uma tendência da beleza clássica, modelada, exaltada nos concursos. A compilação de dados do Miss Pernambuco, realizado desde 1955 no estado, revela, por exemplo, Serra Talhada como o município que mais teve misses eleitas na história do certame: quatro títulos.

Após exatos 40 anos desde a última coroação, em 1976, a serratalhadense Talita Martins foi eleita Miss Pernambuco 2016 e representará o estado na competição nacional, em outubro. “Eu cresci ouvindo meu avô falar da expectativa do povo qaunto ao concurso. Um filme passou na minha cabeça antes do resultado”, contou a estudante de direito que segue, na sexta-feira, 5 de agosto de 2016, para uma carreata na cidade, como era feito na década de 1970.

Nas seis décadas de realização, no entanto, é a capital do Agreste que tem mais participações no certame. “Serra Talhada é a cidade com mais títulos, mas Caruaru é o município que mais participou – nunca deixou de enviar uma representante”, afirma um dos organizadores do Miss Pernambuco, Miguel Braga.

Em nível nacional, o estado não tem títulos no Miss Brasil (Universo), o maior do país. O ranking é liderado pelo Rio Grande do Sul, que já conquistou a coroa 13 vezes.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)