Mulher transmite morte do namorado ao vivo pelo Facebook

Lavish Reinolds / Facebook

Uma mulher transmitiu ao vivo no Facebook o momento da morte do companheiro após ele levar três tiros de um policial na cidade de Minneapolis, nos Estados Unidos. Lavish Reynolds estava com o namorado Philando Castile e a filha de quatro anos, dentro do carro, quando eles foram parados por um policial. Philando fez menção de pegar os documentos do carro no porta-luvas e foi alvejado.

A transmissão ao vivo foi iniciada segundos depois do tiro e mostra o namorado de Lavish sangrando enquanto o policial grita “eu disse para ele não pegar isso”. Pouco tempo depois, o namorado para de se mexer e a mulher se desespera alegando que ele está morto. O reforço policial chega no local e manda a mulher se ajoelhar. A criança não aparece nas filmagens, mas é possível escutá-la gritando quando a mãe é presa.

Menos de duas horas depois da transmissão, um grupo pedindo justiça pela morte de Philando foi criado e ganhou mais de duas mil curtidas. Manifestantes se dirigiram à casa do governador de Minneapolis, Mark Dayton, de madrugada e tentaram acordar o político com pedidos de justiça. Com uma faixa amarela usada em cenas de crime, eles fecharam uma das saídas da mansão.

Segundo o portal Daily Mail, a morte encerra uma semana cheia de assassinatos de negros por policiais brancos nos Estados Unidos. No dia anterior, um pai de cinco filhos foi morto com seis tiros no estado da Louisiana, três dias antes, um homem de 37 anos foi morto depois de uma abordagem na estrada, da mesma forma que Philando. Um levantamento do The Washington Post estima que 123 negros tenham sido assassinados por policiais nos Estados Unidos só nos primeiros sete meses de 2016.

Atenção: imagens fortes

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)