Menor temperatura do mundo é atingida em experiência

Colin J Taylor / Creative Commons

Utilizando um laser, cientistas norte-americanos conseguiram atingir a menor temperatura do mundo em laboratório, chegando próximo ao “zero absoluto”, 0 Kelvin (equivalente a -273 °C). Para isso, um grupo do National Institute of Standards and Technology, em Colorado, utilizou partículas de luz capazes de diminuir a agitação de átomos até fazer um pequeno disco de alumínio chegar à temperatura de 0.00036 Kelvin.

Esta foi a menor temperatura já alcançada por um objeto maior que um átomo na história, 10 mil vezes mais fria do que o vácuo espacial, segundo o jornal científico Nature. “É um estudo que combina muitos campos de estudo já existentes há um bom tempo. É uma surpresa que não tenham tentado antes”, afirmou Amir Safavi-Naeini, pesquisador da Universidade de Stanford, em entrevista ao jornal News Scientist.

Agora, os pesquisadores esperam utilizar a técnica para diminuir uma das barreiras na produção de supercomputadores, capazes de processar informações com mais velocidade do que qualquer máquina existente. Chamados de “quantum”, esses supercomputadores têm componentes super sensitivos que podem sofrer uma “distorção” no armazenamento de informação se expostos a qualquer barulho. Utilizando a descoberta para diminuir a temperatura ao redor deles além do zero absoluto, a vibração será nula e os erros não ocorrerão.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)