Menina de 10 anos emociona ao quebrar “porquinho” e pagar jantar para os pais

Marcela Ordonez/Arquivo Pessoal

Chelsy-Lee De Cross, 10 anos, esvaziou o seu “porquinho” de moedas para pagar um jantar para os pais. A menina teve a ideia ao ouvir os pais conversando sobre como gostariam de poder sair para se divertir.

A quantia das moedas totalizou US$ 82 (cerca de R$ 258) e a menina entregou o presente em uma caixa com o desenho de um coração com um bilhete que dizia: “Queridos papai e mamãe, aqui está dinheiro para uma noite fora. Deve ser o suficiente para assistir a um filme, jantar e talvez alguns extras. Com amor, Chelsy-Lee”. As informações são do portal de notícias australiano Daily Telegraph.

A mãe da menina, Marcela Ordonez, disse que não conseguia parar de chorar quando abriu o presente da filha. “Eu derramei todo o conteúdo no sofá e imediatamente comecei a chorar. Não há palavras, eu fiquei completamente abalada com a generosidade dela e fiquei muito orgulhosa por ela ser tão altruísta”, contou.

Marcela acredita que essa atitude de Chelsy-Lee é resultado da criação que ela e o marido deram a ela. Chelsy-Lee sempre foi tratada como uma pessoa, e não uma criança, como diz Marcela.

Marcela Ordonez/Arquivo Pessoal

Aos dois anos de idade, a menina perguntou a mãe de onde vinham os bebês e a resposta foi a mais sincera possível. Aos três anos, quando Chelsy disse que não gostava de suas roupas e se recusava a vesti-las, Chelsy a levou para o shopping e comprou tudo de jeito que ela queria e assim acabou com as discussões.

Chelsy-Lee também nunca teve uma “hora de ir dormir” pré-estabelecida pelos pais. Para Marcela, sua filha é capaz de pesar os prós e os contras das suas decisões e, por isso, deve escolher a hora de ir dormir. “Nós damos autonomia a ela porque ela é uma pessoa e ela pode fazer essas escolhas e entender as consequências”, contou. “Acho que a melhor forma de resumir a situação é que crianças são seres humanos e as coisas delas são tão valiosas quanto as nossas. Escute seus filhos, converse com eles, se divirta com eles.”

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)