Mais de 200 tartarugas nascem nas praias de Boa Viagem e Piedade

Adriano Artoni/Arquivo Pessoal

Duzentas e seis tartarugas eclodiram em Pernambuco na manhã da quarta-feira, 1º de março. Foram 93 na praia de Boa Viagem, às 7h, e 113 na praia de Piedade, às 7h30. O acompanhamento dos ninhos estava sendo feito há mais de 45 dias.  Eles foram programados para serem abertos ao mesmo tempo. Porém, de acordo com o representante do monitoramento de pontos de desova, o ambientalista Adriano Artoni, o ninho que se encontrava na praia de Boa Viagem foi violado antes do nascimento das tartarugas.

Não se sabe ao certo quantos ovos foram levados, mas a média de ovos postos por uma tartaruga varia entre 100 e 200. A baixa quantidade encontrada na praia de Boa Viagem, somada com a violação do isolamento colocado ao redor do ninho, levantou suspeitas de que vários ovos foram levados. “As pessoas fazem isso por vandalismo mesmo, mas os ninhos são protegidos por uma lei federal. Fiz uma denúncia a delegacia do meio ambiente e espero que possam identificar quem fez isso”, explicou. A multa é de R$ 5 mil para cada ovo roubado.

Adriano Artoni/Arquivo Pessoal

Na hora do nascimento das tartarugas, a equipe de monitoramento abre o isolamento e “limpa” o caminho para que as tartarugas possam caminhar sozinhas até a água. De acordo com Adriano Artoni, esse contato com a areia é muito importante. “Daqui a 30 anos, se ainda estiver viva, a tartaruga retorna para o mesmo local onde nasceu. Para que ela consiga identificar o lugar, é importante que ela faça essa caminhada sozinha”, explicou. Caso alguém encontre alguma tartaruga ou ninho sem isolamento, não deve mexer. A Agência Estadual do Meio Ambiente (CPRH) deve ser acionada para que as medidas sejam tomadas.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)