Implante de olho biônico faz cegos voltarem a enxergar

this is UIC/Twitter

O sistema de saúde pública da Inglaterra disponibilizará um olho biônico, capaz de restaurar a visão, para dez pacientes cegos. No valor de 150 mil libras (cerca de R$ 615 mil), o sistema, chamado Argus II, emite imagens a partir de uma pequena câmera para um chip implantado na parte de trás do olho, devolvendo a visão a deficientes visuais que sofrem de uma doença chamada retinite pigmentosa, que causa a degeneração da retina – região do olho que captura imagens.

Os dados do vídeo, capturados a partir da câmera, são processados através do chip, que transforma as imagens em impulsos elétricos. A partir disso, eles são enviados para uma pequena antena implantada ao lado do globo ocular. Então, um pequeno cabo as envia para os eletrodos na superfície da retina, cujas células são estimuladas de forma a criar uma percepção dos formatos da luz no cérebro. Dessa forma, o paciente consegue interpretá-los em imagens brutas, permitindo a percepção do formato de pessoas e objetos e, em casos mais distintos, alguns pacientes conseguiram ler letras com cinco centímetros de altura.

O sistema, desenvolvido pela empresa norte-americana de produtos médicos Second Sight, já é testado há oito anos no Hospital Manchester Royal Eye, tendo obtido resultados positivos. “Eu passei metade da minha vida na escuridão, e agora consigo ver quando meus netos correm até mim e consigo distinguir as luzes piscando na árvore de natal”, disse um dos pacientes, Keith Haymen, ao jornal britânico Daily Mail. Ele passou pelo transplante em 2009, após sofrer de cegueira por 25 anos devido à retinite pigmentosa, o que o fez perder o trabalho como açougueiro.

“Essa é o primeiro e único tratamento disponível para pacientes que são completamente cegos a ser aprovado pelo Sistema Nacional de Saúde”, disse o oftalmologista e professor da Universidade de Manchester, Paulo Stanga. Ele também está testando o sistema em pacientes que sofrem de um problema visual mais comum, associado à idade, chamado degeneração macular.

Imagens da realização de implante, no Oriente Médio, em 2013 (OBS. Cenas fortes)

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)