Gorila mais antiga nascida em cativeiro morre aos 60 anos

Instagram/Reprodução

A gorila Colo, a mais velha de sua espécie da história, morreu no Columbus Zoo, Estados Unidos. Colo tinha 60 anos de idade, cerca de 20 a mais do que a expectativa de vida dos Gorilas. Ela foi a primeira nascida em um zoológico e morreu durante seu sono na madrugada do dia 17 de janeiro de 2017. Ela comemorou seu último aniversário em 22 de dezembro de 2016, onde milhares de admiradores participaram da celebração.

A gorila nasceu em 22 de dezembro de 1956, no próprio Columbus Zoo, saindo nos principais jornais do mundo. Colo foi a primeira a ser cuidada por humanos desde o nascimento e conquistou fãs de variadas idades durante seu longo período de vida. ‘’Colo tocou o coração de várias gerações de pessoas que vieram ver ela e aqueles que cuidaram dela durante sua longa vida’’, declarou Tom Stalf, presidente do Columbus Zoo ao jornal estadunidense 10 TV.

Colo sofreu complicações no seu parto, precisando que seu primeiro cuidador, o então estudante de veterinária Warren Thomas, a ressuscitasse com respiração boca-a-boca. Thomas é responsável direto pelo nascimento da gorila, pois desobedeceu uma ordem do diretor do zoológico de manter os pais de Colo em lugares separados.

Sua morte gerou uma enorme comoção nas redes sociais, onde seus admiradores postaram fotos e mensagens de despedida para a Gorila. Colo será cremada e suas cinzas serão depositadas em um local não revelado do zoológico. A causa do seu falecimento ainda está sendo investigada.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)