Estudo descobre forma de eliminar rugas e cicatrizes

Pexels/Reprodução

Pesquisadores da Universidade da Pensilvânia chegaram a uma técnica que promete combater o aparecimento das marcas da idade na pele, como rugas, ou mesmo cicatrizes. Trata-se de um metódo para regenerar adipócitos, células gordurosas que promovem o envelhecimento da pele, na medida em que são perdidas. Liderada pelo professor George Cotsarelis, a pesquisa encontrou nos folículos capilares uma molécula chamada BMP. A BMP demonstrou ter a capacidade de transformar células responsáveis pelo processo de cicatrização em adipócitos, mantendo a pele mais suave e jovem. Até a pesquisa, essa transformação não era conhecida.

Além desse rejuvenescimento, a técnica também demonstrou potencial no processo de tratar feridas sem deixar cicatrizes. ”Essencialmente, nós podemos manipular a cura de feridas, fazendo um processo de regeneração celular no lugar da cicatrização.” afirmou Cotsarelis ao jornal britânico The Independent.

Os testes foram realizados em tecidos humanos e de ratos, obtendo sucesso. Segundo o professor, o processo pode abrir portas para novas formas de tratamento de pele. O próximo passo será a elaboração de uma abordagem clínica para a utilização da técnica, o que pode levar algum tempo.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)