Duas novas raças de cachorro são reconhecidas

A associação que coordena apresentações e competições entre cães nos EUA acrescentou duas novas raças na sua lista. O sloughi  (pronuncia-se “slu gui”) e o terrier americano são os  novos membros  e possui características bem peculiares.  Com a chegada deles, a lista total de raças da American Kennel Club (AKC) sobe para 189. Um deles já era conhecido mundialmente antes de ser reconhecido. “Há pinturas encontradas no norte da África que datam cerca de 7.000 anos atrás, com fotos de cães que se parecem muito com os sloughis”, a vice-presidente do AKC Gina DiNardo explicou à National Geographic. Embora a genética do animal possa ser antiga, a raça só foi introduzida nos EUA em 1973.

créditos: AKC/Divulgação.

Terrier Americano

O  terrier americano é tipicamente careca, sendo resultado de um gene recessivo encontrado em terrier de rato, usado pelos criadores dos EUA nos anos 70. A raça de cão sem pêlos se assemelha a um dálmata misturado com dobermann. Sua pele, que pode ser manchada ou cinza sólido, é suave ao toque e costuma atrair pessoas que sofrem de alergias.

créditos: AKC/Divulgação.

Sloughi

Em contraponto com o terrier americano, o sloughi é uma raça que já existe, provavelmente, há milhares de anos. Os  sloughis foram criados para perseguir presas em longas distâncias. Devem ficar em área cercada ou na coleira, pois podem atacar qualquer coisa que chame sua atenção. Tem porte médio e são caracterizados por velocidade, agilidade e resistência para correr durante muito tempo.

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)