Garoto é expulso de grupo de escoteiros ao revelar transexualidade

Kristie Maldonado / Facebook

Com o sonho de participar de um clube de escoteiros, Joe, de apenas oito anos, passou por um mês de reuniões, experimentos e churrascos com a equipe do BoyScouts Of America (Garotos Escoteiros da América) em Nova Jérsei, nos Estados Unidos. Repentinamente, o menino foi expulso do clube. O motivo alegado pelo grupo foi de que a criança era transexual. “Eu fiquei muito chateado, depois tive muita raiva. Não é justo só porque eu nasci como menina que eles não me deixem participar”, afirmou a criança em entrevista ao canal norte-americano CNN.

A mãe do menino alegou que desde a expulsão aconteceu quando ela explicou a condição de Joe para a equipe. O diretor de comunicação dos Escoteiros da América, Effie Delimarkos, afirmou em nota que atividades alternativas foram sugeridas à criança. “Joe não cumpre os critérios de elegibilidade para participar do nosso programa. O fator determinante para escolher quem entra é o sexo biológico, presente na certidão de nascimento”, alegou.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)