Elemento misterioso do núcleo da Terra pode ter sido achado

Flickr/Reprodução

Mais um passo pode ter sido dado para entender o processo de formação do nosso planeta. Cientistas japoneses acreditam ter encontrado um possível candidato ao elemento misterioso que se encontra no núcleo terrestre. Já se sabe que o nosso núcleo é constituído por cerca de 85% de ferro e 10% de níquel, sobrando 5% de uma parte desconhecida. Após experimentos em laboratório, a equipe do pesquisador Eiji Ohtani avaliou que esse provável elemento seja o silício, utilizado amplamente na produção de semi-condutores elétricos e na produção de silicone. O resultado foi obtido após a criação de ligas metálicas entre ferro e níquel misturadas com silício, submetendo esse produto a condições de temperatura e pressão semelhantes àquelas encontradas no núcleo da Terra.

Dessa forma, foi observado que os dados obtidos demonstraram correspondência com os dados que se tinham sobre o núcleo, conseguidos através de estudos das ondas sísmicas que atravessam a Terra. Para o professor Simon Redfern, da Universidade de Cambridge, a descoberta se demonstra instigante para o meio científico. Ele declarou para o jornal britânico BBC News que essas buscas pelo conteúdo das profundezas do planeta ajudam a entender as condições do período de formação terrestre.

Porém, Redfern ressalta que outro elemento pode também ter essa grande importância no interior do planeta. ”Outros estudos sugeriram recentemente que o oxigênio pode ser um elemento importante na região”, afirmou o professor. Caso a hipótese do silício esteja correta, há um indicativo de que o restante do planeta possuía oxigênio em abundância.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)