Doença misteriosa deixa dois mortos na Bahia

Placid Way / Vimeo

Duas das 52 pessoas contaminadas com uma doença causadora de fortes dores musculares, que transforma a cor da urina para preta, já morreram na Bahia. Os médicos classificaram a enfermidade como “mialgia aguda” e até agora não sabem a causa dos sintomas. Os doentes têm sido tratados com hidratação e analgésico, para evitar maiores danos aos rins, também comprometidos. Além da Bahia, casos suspeitos foram relatados no Ceará.

Os médicos envolvidos na investigação do caso relataram que a cor da urina é proveniente da proteína mioglobina, presente nos músculos. Por causa da “lesão” muscular, causadora das dores intensas, ela é expulsa para o organismo e vai para a urina. “É como se o indivíduo tivesse feito uma maratona em poucos segundos”, explicou o coordenador do comitê de arboviroses da Sociedade Brasileira de Infectologia, Antônio Bandeira, em entrevista ao programa Bem Estar.

Uma série de possíveis causas para a doença foram elencadas por médicos. O consumo de metais pesados, provavelmente ingerido nos peixes, é um deles. “Só 60%, 70% dos pacientes informaram ter ingerido peixe. Nesse mês as dúvidas aumentaram. Só com a confirmação laboratorial saberemos”, disse Bandeira em entrevista ao portal Uol. Outra possibilidade é de que os enfermos estejam infectados com Paraechovirus, vírus transmitido pela saliva ou respiração, que causou surtos semelhantes na Dinamarca e Japão.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)