Cientistas identificam gene causador da depressão

Pixabay/Reprodução

Uma equipe de cientistas da Rússia identificou um gene responsável por causar depressão. Os pesquisadores do Instituto de Citologia e Genética de Nobrivisk, na Sibéria, analisaram cerca de 2 mil genomas, usando métodos estatísticos raramente usados em análises genéticas, ainda contando com a ajuda de um software específico. Os dados dos genomas usados na análise foram entregues pelo centro médico holândes Erasmus, especializado no estudo da depressão.

Com a ajuda do desenvolvido software “Frigate”, foi possível localizar o gene em uma amostragem muito menor do que se precisaria antes. Antes de desenvolver os novos métodos estatísticos, seria necessária uma amostra de 50 mil genomas. Os cientistas focaram em observar os sintomas no lugar do diagnóstico da doença, permitindo definir se um indivíduo possui predisposição à doença. As informações são do portal Terra.

“A contribuição genotípica no desenvolvimento da depressão é a mesma ocorrida na esquizofrenia. No caso da esquizofrenia, já se conhece dezenas de outros genes que controlam o desenvolvimento e o surgimento da doença. Na depressão, não se sabe de nenhum outro gene que faça isso.” afirmou Tatiana Axenovich, chefe da pesquisa, para o jornal russo Korrespondent. Em seguida, a equipe pretende buscar um gene que promova o controle da depressão.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)