Casal é expulso de bar por racismo com garçom

Alecrim - com Roberto Mancini/Facebook/Reprodução

Um casal de turistas foi expulso de um restaurante por seu dono, após fazer comentários racistas direcionados a um dos garçons do local. De acordo com o portal Bahia Notícias, o caso ocorreu no restaurante Alecrim, em Porto Seguro, no sábado, 23 de julho de 2016. O dono do local, o italiano Roberto Mancini, postou em uma rede social que um casal de turistas proferiu comentários racistas a um funcionário chamado Léo. “Um casal de turistas entra em nosso restaurante e, por não gostar do nosso garçom, Léo, que é negro, é da Bahia, diz que ‘Princesa Isabel foi errada em ter libertado os escravos’”, contou.

Alecrim - com Roberto Mancini/Facebook/Reprodução

O dono do restaurante teria ido até a mesa do casal, pedindo que tomassem uma última cerveja, por conta da casa, e fossem embora. “Em nosso estabelecimento, não iremos tolerar nenhum tipo de preconceito ou ‘piadas’ neste sentido. Lamentável, ainda existe gente assim em todo lugar”, criticou. A página do Restaurante Alecrim postou, no mesmo dia, uma foto do garçom, vítima de racismo. Nos comentários, frequentadores do local elogiaram a atitude de Mancini. “Racistas não passarão”, disse uma cliente.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)