Degelo pode trazer Varíola de volta, alertam cientistas

National Museum of Health & Medicine / Creative Commons

Cientistas russos alertam o mundo sobre a possibilidade do calor trazer de volta o vírus da varíola, doença que matou mais de 500 milhões de pessoas no século passado, na Sibéria. De acordo com o jornal Siberian Times, centenas de corpos de vítimas da doença foram enterrados em uma área permanentemente congelada do país, há mais de 180 anos, mas as temperaturas crescentes ao redor do mundo podem descongelar esse espaço, trazendo a infecção, extremamente fatal e erradicada do mundo na década de 1970, de volta à humanidade.

A possibilidade já era considerada por cientistas há alguns anos, mas voltou à tona depois de um surto da bactéria Antrax, que atinge a pele e o sistema digestivo, sendo altamente resistente a antibióticos, após 75 anos sem nenhuma contaminação no país pelo mesmo motivo: degelo de áreas onde o gado atingido pela doença era enterrado. Cientistas relacionaram este surto à exposição de algumas áreas por causa do calor. “Algumas covas do passado devem estar em uma profundidade de cerca de três metros”, afirmou Boris Kershengolts, pesquisador do Instituto de Problemas Biológicos de Cryolithozone. Agora, os cientistas conduzem uma pesquisa na região para buscar possíveis fragmentos do vírus. Nada foi encontrado até o momento.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)