Após erro médico, mulher passa quatro anos com gaze dentro do corpo

Wikimedia Commons/Reprodução

A dona de casa Claúdia Vicinança, moradora da cidade de Campinas, no interior de São Paulo, sentia fortes dores e descobriu o motivo quando teve seu segundo filho. Quatro anos após ser mãe pela primeira vez, ela descobriu que uma compressa de gaze foi esquecida dentro dela após o parto, feito de forma cesária. “Eu sentia que tinha algum problema. Eu sentia muitas dores, eu me sentia mal. Eu não tinha uma vida normal. O médico que eu procurei era especialista em reprodução e disse ‘não vou te enganar’, você não tem mais condições de poder ter outro filho”, declarou Cláudia ao portal G1. Cláudia entrou com uma ação na Justiça contra o médico, recebendo uma indenização. O médico continua trabalhando.

Um caso semelhante aconteceu em fevereiro de 2017, na cidade de Nova Odessa, interior de São Paulo, porém com um fim trágico. A jovem Giovana Kashimarki, de 22 anos, faleceu 10 dias após o parto devido a uma infecção generalizada, resultado do esquecimento de uma compressa de gaze após uma cirurgia de cesárea. O hospital está sendo investigado pelo caso, além de outras quatro ocorrências suspeitas de erro médico.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)