Após 4 dias, resgatadores chegam a fundo de poço onde criança teria caído e não a acham

Xinhua/Reprodução

Após 85 horas de escavações, envolvendo cerca de 80 pessoas, entre voluntários, familiares e bombeiros, a missão de resgate do garoto Zhao Zicong, de 5 anos, chegou ao fundo do poço onde ele teria caído, mas não o encontraram. A estrutura, com 40 metros de profundidade, tinha apenas 30cm de largura, e, para chegar ao fundo sem comprometer a segurança do garoto, foi necessário escavar ao seu redor por mais de quatro noites. Mas, de acordo com a imprensa local, apenas argila seca foi encontrada no fundo do poço, localizado no condado de Lixian, em Baoding, na China. As buscas no local foram suspensas.

Segundo o The Paper, o tio do garoto, Song Jiandang, conseguiu entrar no poço quando ele estava reduzido a apenas quatro metros de profundidade, mas, ao acender uma tocha, não conseguiu visualizar a presença da criança. Ao longo do resgate, a equipe de resgate utilizou detectores de vida quatro vezes e não conseguiu identificar a presença do garoto, até então, levantando dúvidas apenas sobre o estado de saúde da vítima – que poderia ter morrido.

A família Zicong alegou que Zhao colhia couves com o pai, por volta das 11h do dia 6 de novembro de 2016, quando teria caído no poço, utilizado para irrigar os campos da família. Ao The Beijing News, o avô da criança disse que a estrutura estava desativada há cinco anos. O vídeo do QQ revela que uma cratera de 100 metros foi aberta para realizar o resgate e que oxigênio ainda está sendo bombeado para o fundo do poço pela equipe de resgate.

De acordo com o Daily Mail, os pais e o avô de Zhao foram convocados a depor pela polícia local, para reunir mais informações sobre a aparência física da criança, mas já foram liberados.

 

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)